Esclarecimentos sobre as notícias veiculadas pela grande mídia sobre a nova bilhetagem eletrônica

22/12/2022 2 min leitura

Sobre as notícias veiculadas pela grande mídia sobre a nova bilhetagem eletrônica no Município do Rio de Janeiro, é importante esclarecer que:

1 – O cartão Riocard Mais não vai acabar e permanece em funcionamento em mais de 40 cidades da Região Metropolitana e interior do Estado do Rio.

2 – A Riocard Mais ressalta mais uma vez que, ao longo dos últimos 18 anos, sempre esteve ao lado da população da cidade do Rio, promovendo melhorias no sistema de bilhetagem que facilitam e simplificam o acesso ao transporte coletivo, incorporando todas as inovações disponíveis para aperfeiçoar a experiência de seus clientes.

3 – A adoção de um novo sistema de bilhetagem na cidade do Rio vai exigir que a população utilize dois cartões para acessar o transporte público coletivo, uma vez que o cartão Riocard Mais é o único aceito em todos os modais, como ônibus e vans intermunicipais, barcas, trens e metrô, que estão sob a gestão do Estado.

4 – A estimativa é a de que 1,2 milhão de passageiros sejam obrigados a ter em mãos os dois cartões para se deslocar entre os diferentes meios de transporte disponíveis na cidade do Rio.

5 – O uso de um cartão exclusivo para o transporte municipal da cidade do Rio vai excluir mais de 230 mil passageiros que atualmente são beneficiados pela política tarifária do Bilhete Único Intermunicipal.

6 – A exigência de utilização de dois cartões de transporte para o deslocamento da população entre os municípios da Região Metropolitana é um passo para trás na evolução da mobilidade urbana, ao não incentivar o fortalecimento de uma rede integrada de transporte com adoção de políticas tarifárias conjuntas em benefício dos passageiros.

7 – É importante destacar que a licitação do sistema de bilhetagem foi uma decisão política e não técnica da Prefeitura do Rio. Todas as inovações anunciadas com o novo cartão de transporte já fazem parte da rotina dos clientes da Riocard Mais, como pagamento por PIX, uso de cartão de crédito ou débito, pagamento por aproximação com o celular e controle de gratuidades por sistema antifraude com biometria. Não há vantagens em relação ao sistema atual.

8 – Vale lembrar também que a população demonstra frequentemente, seja em pesquisas de opinião, seja em interações nos canais de relacionamento da empresa, sua aceitação e aprovação do serviço prestado pela Riocard Mais.

9 – Por fim, é fundamental esclarecer que não há caixa-preta no sistema de bilhetagem da Riocard Mais. Todas as informações relativas ao transporte municipal (vans e Kombis autorizadas, ônibus convencionais, BRT e VLT) sempre estiveram acessíveis e foram enviadas ao poder concedente, inclusive para a realização de auditorias independentes. As informações financeiras compartilhadas nunca foram questionadas pela Prefeitura e os dados operacionais encaminhados são utilizados, até mesmo, para o planejamento do BRT desde a intervenção municipal, em março de 2021.

Comentários
MARCIA RIBEIRO JOVIANO disse: Que tristeza perdi a data do concurso de poesias..
Luiz Antônio disse: Ar condicionado desligado, Vila Real, linha 378. Marechal Hermes X Castelo - dia 10/03/2023 - horário saída Marechal Hermes 06:25hs. Motorista alegou ar-condicionado quebrado.
João Rodolfo disse: Tem alguma versão online desta cartilha?.
Victoria Carolyne dos Reis de Mattos disse: Sem meu Vale Social, não consigo ir às consultas, moramos em Nova Campinas, Santa Cruz da Serra. Minhas consultas são no Sarapuí, 2 ônibus pra ir e 2 pra voltar, toda semana. Consulta no centro da cidade, perto do Hospital Souza Aguiar, no IEDRJ. E em Xerém. Não temos condições para passagens. A mais cara e a passagem para Central do Brasil, $10,55 cada um. Ficamos no hospital de 07:00 até às 15:30 tá difícil. Peço ajuda para liberar meu Vale Social. Meu número +5521974653667.
Bia Andrade disse: Ter que usar dois cartões é um retorcesso absurdo. Fora perder o benefício do BU no transporte municipal..

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *